terça-feira, 9 de outubro de 2018

MAIS RESPEITO, EU SOU CRIANÇA! Espetáculo Infantil em Canoas

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e criança

DIA 21/10/2018 AS 15H
CASA VILLA MIMOSA em Canoas
INGRESSOS: R$12 (Disponível com o Grupo Skatá)


No mês das crianças, trazemos nossa mais singela e poética homenagem àqueles que merecem mais respeito e abertura aos seus pensamentos e sentimentos! 


O espetáculo “Mais Respeito, Eu Sou Criança!” é uma inspiração da obra de Pedro Bandeira, venham rir e se emocionar com essa história que é pura poesia!

Todo mundo diz que as crianças devem respeitar os adultos. E os adultos? Não têm de respeitar as crianças? Este é um assunto sério, mesmo... E, toda vez que um assunto é sério mesmo, o jeito é pensar nele através da poesia. Por meio dela, a gente consegue dizer melhor o que sente, o que sonha e o que nos incomoda. A poesia é uma maneira gostosa de tirar o retrato dos nossos sentimentos. E o espetáculo é uma maneira muito gostosa de responder aos adultos quando eles vêm com abusos, como “Cala a boca, menino!”, “Pare quieto, menino!”, “Vá pro seu quarto, menina, que isso não é conversa pra criança!”. E coisas do tipo...

O espetáculo "MAIS RESPEITO, EU SOU CRIANÇA" é uma tentativa de dialogar com as crianças da atualidade através do resgate do jogo e da poesia teatral, pois se utiliza a priori de um texto dramatúrgico criado a partir dos poemas de Pedro Bandeira, que tem uma estrutura simples, pretendendo evidenciar o caráter teatral e espetacular da criação. A palavra e a razão reinam em nosso mundo ocidental adulto. Explicamos fatos pelas vias cartesianas, e usamos palavras para ‘traduzir’ quase tudo. Distanciamo-nos das práticas poéticas ou sensoriais, do jogo e da brincadeira, como formas de expressão ou comunicação. Essa distância da poesia, no entanto, não vale para crianças.  A poesia, a capacidade de representar, de simbolizar, de ressignificar as coisas, de agir e pensar subjetivamente, de ler a realidade através da fantasia, são matérias primas para o principal instrumento de ação na vida das crianças: o ‘brincar’, com o que elas processam o entendimento da vida, de si mesmas e do mundo à sua volta. Por isso acreditamos na relevância deste projeto, pois a narrativa do espetáculo traz a tona temas como o respeito às crianças mudando a ótica que impera na sociedade: de que sempre são as crianças que tem que respeitar os adultos, partindo da recriação dos poemas do livro homônimo do Pedro Bandeira e a ressignificação de jogos e brincadeiras como motes da criação teatral. Temos a consciência de que, ao abordar temas como estes, podemos cair em algumas armadilhas, como por exemplo, transformar um evento teatral numa experiência extremamente didática e/ou pedagógica. Sabemos que a arte tem esta função também, porém o nosso objetivo é o de conscientizar através da criação artística que priorize o jogo, a brincadeira, a teatralidade e a espetacularidade, tentando não resvalar na velha questão de que ao invés de fazer teatro para infância procurar passar apenas uma “mensagem”.


FICHA TÉCNICA: 

TEXTO: Pedro Bandeira
DIREÇÃO E DRAMATURGIA: Diego Ferreira
ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Joana Caspar
ELENCO: Anne Prado e Gabriel Gonçalves
TRILHA SONORA: Sérgio Bai
FIGURINOS: Diego Ferreira
ILUMINAÇÃO: Diego Ferreira
CONCEPÇÃO DE CENÁRIO: Diego Ferreira e Gabriel Gonçalves
EXECUÇÃO DE CENÁRIO EM MADEIRA: Evanir Gonçalves, Gabriel Gonçalves e Joana
Caspar
EXECUÇÃO SILHUETAS: Multiartes MDF
EXECUÇÃO CORTINA DE FUNDO: Diego Ferreira e Rosângela Leifheit
DESENHO DO ESTANDARTE: Braian Alfonsin
CRIAÇÃO DE MAQUIAGEM: Nicole Leifheit
EXECUÇÃO DE MAQUIAGEM: Grupo Skatá
ADEREÇOS: Diego Ferreira, Joana Caspar e Grupo Skatá
FOTOGRAFIA DE ENSAIO: Anne Prado e Joana Caspar
FOTOGRAFIA DE CENA: Rodrigo Larroque e Tony Capellão
SOCIAL MEDIA: Gabriel Gonçalves
DIVULGAÇÃO: Joana Caspar e Grupo Skatá
LOGOTIPO: Pedro Caspar
DESIGN GRÁFICO: Gabriel Gonçalves
ELABORAÇÃO DE PROJETOS: Diego Ferreira
FINANCEIRO: Gabriel Gonçalves
PRODUÇÃO: Diego Ferreira, Gabriel Gonçalves e Joana Caspar.

APOIO CULTURAL:
Casa das Artes Villa Mimosa
Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMCT)
Multiartes MDF
Jornal No Palco

REALIZAÇÃO: 
Grupo Skatá

terça-feira, 5 de junho de 2018

OFICINA DE TEATRO ADULTO em Canoas!

Nenhum texto alternativo automático disponível.

SOBRE O CURSO
A Oficina de Teatro é destinada a qualquer pessoa que queira ter um contato inicial com o teatro. Proporcionará aos alunos vivências com o universo teatral. Será trabalhada a desinibição, o jogo dramático, a improvisação, a expressão corporal e vocal, a interpretação e a criatividade. A oficina proporcionará aos alunos uma experiência teatral através de pequenos experimentos cênicos que, na conclusão do curso, serão mostrados ao público. 
Mais do que formar grandes atores e atrizes, a Oficina de Teatro Adulto preocupa-se em preparar seus alunos para viver como artistas, se assim desejarem. O curso tem duração de 5 meses. 

MINISTRANTE
Professor: Diego Ferreira      
Horário: Quarta- Feiras das 19:30 as 21:30 hs 
                           
EMENTA
Uso da improvisação teatral, corporal e vocal para a elaboração de um processo criativo em teatro. A oficina partirá do uso da improvisação e jogos teatrais para a integração da turma e seus desdobramentos na elaboração de um processo criativo. Realização de um exercício teatral para ser apresentado no final do semestre. 

OBJETIVOS
- Realizar um exercício teatral a partir de improvisações dos alunos. 
- Experimentar o uso de técnicas vocais. 
- Experimentar o uso de técnicas corporais.
- Experimentar o trabalho relacionado ao estado de jogo, prontidão, disponibilidade e imaginação. 
Analisar e experimentar a ação física.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Aulas de caráter prático com exercícios coletivos e individuais, onde serão abordados os seguintes conteúdos: jogo e brincadeira, improvisação, estado de jogo, canções... 

PUBLICO ALVO 
Pessoas a partir dos 14 anos.

SUGESTÃO DE DIAS, HORÁRIO E CARGA HORÁRIA
Data de início: 04 de Julho/ 2018.
Data de término: 28 de Novembro/2018
Dias de aula: 22
Carga horária: 44hs/aula
VALOR
1 + 4 de R$ 180,00/mês = R$ 900,00 (parcelado)
Ou
R$ 800,00 á vista

LOCAL
Art’s Company – Rua Santini Longoni, 51 – Canoas
INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES   
Art’s Company – Rua Santini Longoni, 51 (ao lado do Colégio Rondon)– Canoas
Telefone: (51)3060.0050 / (51) 99338.9096 / 98177.4446
E-mail: ac_estudiodedancaeartes@outlook.com 
A imagem pode conter: texto
Ministrante:
Diego Ferreira – DRT 10706 / diegoteatro5@gmail.com 
Graduado em Teatro na UERGS/2009. Diretor do Grupo Skatá, Produtor, Ator e Professor das disciplinas de Expressão Corporal I e II no Unilasalle (Canoas), Professor no Curso “Desibinição através do Teatro” na Unisinos (São Leopoldo), professor no Curso de Formação de Atores do Galpão de Artes (Canoas). Foi crítico convidado do Festival de Teatro de Montenegro nas edições de 2012 e 2014. Em 2013 e 2018 foi integrante da Comissão do Prêmio Açorianos Revelação de Teatro, concedido pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Iniciou a sua trajetória no teatro em Porto Alegre em 1995, desde então vem aprimorando seus conhecimentos na área teatral. Dirigiu vários espetáculos teatrais dentre os quais: “Essa propriedade está condenada” 2014/2015, “Tempos Perdidos” 2011, “Assovio no vento escuro” em 2010, baseado na obra de Clarice Lispector, “Wilma e Elza” em 2009 que circulou por 25 cidades do Rio Grande do Sul, “Travessia” (2010). Dedica-se também aos blogs Válvula de Escape e Olhares da Cena, um espaço virtual dedicado as artes cênicas do estado, além de fazer a cobertura de festivais de teatro exercendo a função de crítico teatral. Recentemente foi indicado ao Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante no Festival de Gravataí por sua atuação em “A filha da escrava”. O mesmo espetáculo foi o grande vencedor do festival de Osório nas categorias Melhor Espetáculo, atriz, atriz coadjuvante, figurino e iluminação. Em 2015 o espetáculo “Essa propriedade está condenada” obteve 9 indicações no Festival de Osório vencendo nas categorias Atriz e Iluminação. Em 2016 dirige a esquete “CICATRIZ” apresentada no Congresso da Feessers. Com o Grupo Skatá realizou os seguintes trabalhos: (IN)SÔNIA, A MALDIÇÃO DO VALE NEGRO E PLATAFORMA K, A ver estrelas, Labirinto Zucco e Tudo o que é sólido pode derreter.
   






sábado, 26 de maio de 2018

USINA DO TRABALHO DO ATOR - UTA 26 anos

Resultado de imagem para usina do trabalho do ator
E no dia 25 de maio o Grupo gaúcho Usina do Trabalho do Ator, mais conhecido como UTA completou 26 anos de trabalho continuado. Particularmente tenho um apreço muito grande pelos integrantes deste coletivo, pois minha orientadora na graduação foi a Celina Alcantara, fiz aulas com a Ciça no DAD/UFRGS, onde neste mesmo curso tinha aulas de voz com a Gisela. Thiago fez monitoria de um curso que frequentava e Dedy minha colega da Uergs. Portanto além de ser fã deste grupo, tenho uma admiração e afetividade por todos a muitos anos. E esta admiração aumenta pois apesar de não ser um coletivo negro que pesquisa o teatro negro, tem três integrantes negros que fortalecem e representam muito bem o nosso papel dentro de coletivos como este.
O grupo de teatro e pesquisa realiza trabalhos de criação e pedagogia em Porto Alegre, no Brasil e no exterior desde 1992.Um grupo que há 26 anos vem trabalhando, produzindo espetáculos, tendo uma construção de conhecimento na área da pedagogia teatral, na medida em todos do grupo, são atores e professores de teatro. No contexto de Brasil, Rio Grande do Sul, Porto Alegre, um grupo de teatro ter uma longevidade assim é um dado relevante e importante a ser considerado. Ainda mais em tempos sombrios como o que estamos vivendo. Então que possamos celebrar junto com a UTA este momento e aplaudir todas as suas iniciativas.
Atualmente fazem parte do coletivo Gilberto Icle, Celina Alcantara, Ciça Reckzieguel, Dedy Ricardo,Thiago Piragira, Gisela Habeyche, Shirley Rosário.
Então para marcar esta data, registramos um pouco da trajetória dos seus espetáculos e algumas imagens:

KLAXON - 1994
O RONCO DO BUGIO - 1996
O MARINHEIRO DA BAVIEIRA - 1996
MUNDÉU - O SEGREDO DA NOITE - 1998
NOS MESES DA CORTICEIRA FLORIR - 2000
A MULHER QUE COMEU O MUNDO - 2006
CINCO TEMPOS PARA A MORTE - 2010
DANÇA DO TEMPO - 2016
EU NÃO SOU MACACO - 2016

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé
MUNDÉU O SEGREDO DA NOITE

A imagem pode conter: 2 pessoas, sapatos e atividades ao ar livre
O MARINHEIRO DA BAVIEIRA

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas dançando, pessoas em pé, casamento e atividades ao ar livre
NOS MESES DA CORTICEIRA FLORIR


Imagem relacionada
A MULHER QUE COMEU O MUNDO
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e criança
CINCO TEMPOS PARA A MORTE


A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre e close-up
EU NÃO SOU MACACO


quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

CURSO DE TEATRO INFANTO-JUVENIL em CANOAS 2018


SOBRE O CURSO
Curso de teatro para iniciantes, este curso é destinado a qualquer pessoa que tenha entre 09 e 13 anos e queira ter um contato inicial com o teatro. Proporcionará aos alunos vivências com o universo teatral. Será trabalhada a desinibição, o jogo dramático, a improvisação, a expressão corporal e vocal, a interpretação e a criatividade. A oficina proporcionará aos alunos uma experiência teatral através de pequenos experimentos cênicos que, na conclusão do curso, serão mostrados ao público.
DISCIPLINAS
INTERPRETAÇÃO TEATRAL
JOGO TEATRAL
CANTO E MÚSICA
MÁSCARA TEATRAL
PLUFT - O FANTASMINHA Direção Diego Ferreira
MÓDULOS
As disciplinas acima são executadas ao longo de dois módulos, sendo que cada módulo tem a duração de um semestre conforme ilustrado abaixo:
1º Módulo – Iniciação – (Abril a Julho/2018)
2º Módulo – Montagem – (Agosto a Dezembro 2018)

MINISTRANTE
Professor: Diego Ferreira[1]     
Horário: Terças - Feiras das 19:00 as 20:30 hs                           

Uso da improvisação teatral, corporal e vocal para a elaboração de um processo criativo em teatro. Este primeiro módulo do Curso de Teatro Infanto – Juvenil partirá do uso da improvisação e jogos teatrais para a integração da turma e seus desdobramentos na elaboração de um processo criativo. Realização de um exercício teatral para ser apresentado no final do semestre e a criação de um espetáculo teatral no final do ano.
OBJETIVOS
- Realizar um exercício teatral a partir de improvisações dos alunos.
- Experimentar o uso de técnicas vocais.
- Experimentar o uso de técnicas corporais.
- Experimentar o trabalho relacionado ao estado de jogo, prontidão, disponibilidade e imaginação.

VALOR
R$ 180,00/mês

LOCAL
Art’s Company – Rua Dona Rafaela, 309 – Canoas
INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES  
Art’s Company – Rua Santini Longoni, 51, 309 – Canoas
Telefone: (51)3060.0050 / (51) 99338.9096
E-mail: tay_mertins@hotmail.com / diegoteatro5@gmail.com

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Aulas de caráter prático com exercícios coletivos e individuais, onde serão abordados os seguintes conteúdos: jogo e brincadeira, improvisação, estado de jogo, canções...
PUBLICO ALVO
Crianças e Pré – Adolescentes de 09 a 13 anos.
 DIAS, HORÁRIO E CARGA HORÁRIA - MÓDULO I

Data de início: Abril  de 2018.
Data de término: 24 de Julho/2018
Dias de aula: 20
Carga horária: 26hs/aula
Ministrante:
Diego Ferreira – DRT 10706
Graduado em Teatro na UERGS/2009. Diretor do Grupo Válvula de Escape, Produtor, Ator e Professor das disciplinas de Expressão Corporal I e II no Unilasalle (Canoas), Professor no Curso “Desibinição através do Teatro” na Unisinos (São Leopoldo), professor no Curso de Formação de Atores do Galpão de Artes (Canoas)

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

CURSO DE FORMAÇÃO DE ATORES em CANOAS 2018




A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, noite e atividades ao ar livre
TUDO O QUE É SÓLIDO PODE DERRETER Texto e Direção Diego Ferreira Foto: Rodrigo Larroque
SOBRE O CURSO

Mais do que formar grandes atores e atrizes, o Curso de Formação de Atores preocupa-se em preparar seus alunos para viver como artistas, o que requer atenção, compromisso, disponibilidade, rigor e criatividade. O trabalho no Curso pauta-se pela formação de profissionais qualificados tecnicamente, artistas autônomos, corajosos, comprometidos ética e politicamente com o mundo em que vivem capazes de articular questões importantes de seu tempo em sua produção artística e contribuir, à sua maneira, para a invenção de novas formas de viver no mundo.
Uso da improvisação teatral, corporal e vocal para a elaboração de um processo criativo em teatro. Este primeiro módulo da formação de atores partirá do uso da improvisação e jogos teatrais para a integração da turma e seus desdobramentos na elaboração de um processo criativo. Realização de um exercício teatral para ser apresentado no final do semestre.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
(IN)SÔNIA - Direção Diego Ferreira - Foto: Rodrigo Larroque
A Formação de Atores é um curso com duração de dois anos, que tem disciplinas como: 

INTERPRETAÇÃO TEATRAL

TEORIA E HISTÓRIA DO TEATRO

PREPARAÇÃO CORPORAL E JOGO TEATRAL

INTRODUÇÃO À PRODUÇÃO TEATRAL

MAQUIAGEM E CARACTERIZAÇÃO

TEORIAS DO TRABALHO DO ATOR

MÓDULOS
As disciplinas acima são executadas ao longo de quatro módulos, sendo que cada módulo tem a duração de um semestre conforme ilustrado abaixo:
1º Módulo – Iniciação – Do jogo a Cena (Abril a Julho/2018)
2º Módulo – Intermediário – Teatro Físico (Agosto a Dezembro 2018)
3º Módulo – Avançado – Teoria e Prática do Teatro Brasileiro (Março a Julho / 2019)
4º Módulo – Formação – Teoria e Prática do Teatro Mundial (Ago a Dez.2019)


MINISTRANTE
A imagem pode conter: 1 pessoa, barba
Diego Ferreira - Ministrante
Professor: Diego Ferreira[1]     
Horário: Quintas- Feiras das 19:00 as 21:30 hs                           
PUBLICO ALVO
Pessoas a partir dos 14 anos.
DIAS, HORÁRIO E CARGA HORÁRIA
Data de início: Abril de 2018.

Data de término: 26 de Julho/2018

Dias de aula: 20
Carga horária: 46hs/aula



VALOR
R$ 200,00/mês

LOCAL
Art’s Company – Rua Dona Rafaela, 309 – Canoas
INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES  
Art’s Company – Rua Santini Longoni, 51 – Canoas - Ao lado Colégio Rondon
Telefone: (51)3060.0050 / (51) 99338.9096
Ministrante:
Diego Ferreira – DRT 10706
Graduado em Teatro na UERGS/2009. Diretor do Grupo Válvula de Escape, 
Produtor, Ator e Professor das disciplinas de Expressão Corporal I e II 
no Unilasalle (Canoas), Professor no Curso “Desibinição através do Teatro”
 na Unisinos (São Leopoldo), foi professor no Curso de Formação de Atores 
do Galpão de Artes (Canoas).










[1] DRT nª 10706. Graduado em Teatro pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS. Em 2012 e 2014 foi o crítico do Festival Montenegro em Cena – Professor de teatro no Galpão de Artes e na Unisinos. Diretor do Grupo Válvula de Escape.


domingo, 21 de maio de 2017

VENCEDORES 7º PRÊMIO VÁLVULA DE ESCAPE/OLHARES DA CENA

Eis a lista dos vencedores da 7º edição do Prêmio Válvula de Escape (2016). Uma homenagem aos trabalhadores cênicos do estado e do Brasil. Aqui não tem entrega de troféu, nem tampouco premiação em dinheiro, apenas uma lembrança aos que se destacaram segundo a opinião do autor do blog. 
O Brasil vive tempos sombrios, na política sobretudo na arte e o reflexo disto é a escassez de espaço para a produção e apresentação de espetáculos cenicos. E por aqui não é diferente, mas a RESISTÊNCIA é o que tem movido os trabalhadores da arte. Por isso um salve a toda a classe artistica e que este ano tudo pode se desenvolver de modo diferenciado com muita arte e projetos para todos.

Vamos aos premiados:

TEATRO GAÚCHO

MAQUIAGEM
Tuti Kerber - BERNARDO E MARIANA

DESIGN GRÁFICO/IDENTIDADE VISUAL
Sandro Ká - GPS GAZA

FOTOGRAFIA DE CENA
Alisson Fernandes - ATÉ O FIM
TRILHA SONORA
Simone Rasslan e Álvaro RosaCosta - DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS

ILUMINAÇÃO
Bathista Freire - DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS

CENOGRAFIA
Kiko Angelin - A MECÂNICA DO AMOR

FIGURINO

Fabrizio Rodrigues - BERNARDO E MARIANA


ATRIZ COADJUVANTE
Angela Spiazzi -  DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS

ATOR COADJUVANTE

Gabriel Picinatto - JOÃO E MARIA E O DESCONHECIDO MUNDO LÁ FORA


ATOR


Cassiano Ranzolin

ATRIZ
Margarete Scherer - DÁ LICENÇA POR FAVOR

DRAMATURGIA
Júlio Conte - A MECÂNICA DO AMOR

DIREÇÃO
Zé Adão Barbosa, Carlota Albuquerque e Larissa Sanguiné -  DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS

ESPETÁCULO

DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS



TEATRO NACIONAL



DESIGN GRÁFICO/IDENTIDADE VISUAL

Vitor Bezerra - JACY

FOTOGRAFIA DE CENA

Coletivo As Travestidas - BR TRANS

TRILHA SONORA

Cia Nu Escuro - PITORESCA

ILUMINAÇÃO
Ronaldo Costa - JACY

CENOGRAFIA

Mathieu Duvignaud - JACY

FIGURINO

Rita Alves  - PITORESCA

ATRIZ COADJUVANTE

Adriana Brito - PITORESCA

ATOR COADJUVANTE

Edivaldo Batista- RÉPÉTER

ATOR

Silvério Pereira - BR TRANS

ATRIZ

Quitéria Kelly - JACY

DRAMATURGIA
Henrique Fontes e Pablo Capistrano - JACY

DIREÇÃO
Jezebel de Carli - BR TRANS


ESPETÁCULO
BR TRANS