quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

ENTRE NÓS (RS)


145_219.jpg
Sala Carlos Carvalho - Casa de Cultura Mário Quintana - Rua dos Andradas, 736 / 2° Andar - Centro 

31/01, 01/02, 02/02 e 03/02 - quinta a domingo 21h 

Comédia romântica contemporânea, que conta a história de dois jovens atores em processo de criação para um romance entre os personagens Rodrigo e Fabio. Eles enfrentam uma série de situações conflitantes e engraçadas até decidirem o destino dos personagens perante as famílias, os amigos e a Escola. No final isso os leva a solicitar ao público que decida sobre o desfecho da peça: se o casal protagonista deve ficar juntos ou não. 

14 anos
60 min

Texto: João Sanches
Direção: Paulo Guerra
Elenco: Bruno Abiz, Samuel Reginatto
Cenografia / Figurinos: Claudio Benevenga
Iluminação: Anílton Souza
Trilha sonora: Ledos Reis
Arte: Sandro Ka
Divulgação: SOMOS Comunicação, Saúde e Sexualidade
Cabelos: Thippos Leo Zamper
Produção: Paulo Guerra
Realização: Cia Halarde de Teatro

Foto: Gerson de Oliveira 

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

HOMENS DE PERTO (RS)


Teatro da AMRIGS - Avenida Ipiranga, 5311 - Porto Alegre - RS 

31/01, 01/02, 02/02 e 03/02 - de quinta à domingo -  21h 

Homens de Perto 1 conta a história de três atores que resolvem levar adiante um espetáculo de variedades mesmo depois da morte de um dos colegas. Só não contam prá plateia que o ator que se foi era o único que sabia executar bem os números de canto, dança e representação. De tudo isto resultam situações constrangedoras e micos diversos aos personagens num perfeito teatro de revista. 

Livre
100 min

Autor: Artur José Pinto 
Direção: Néstor Monasterio
Elenco: Oscar Simch, Rogério Beretta, Zé Victor Castiel
Atriz Convidada: Sofia Schul

Foto: Claudio Fachel

Website: Anderson Dorneles
www.homensdeperto.com.br 

MEU BRASIL (RS)


151_228.jpg
Teatro do SESC - Avenida Alberto Bins, 665, centro 

9/01, 30/01 e 31/01 - terça a quinta - 21h 


O espetáculo Meu Brasil teve sua estrea em outubro de 2012 pela Cadica Cia de Dança, que participou do CIOFF Anseong World Folkloriada, o maior festival de folclore do mundo, que este ano ocorreu na Coréia do Sul. O evento que teve início no dia 1º de outubro e encerrou dia 14 de outubro, contou com a participação de mais de 40 nações. A companhia foi convidada para representar o Brasil pela FEBRARP, Federação Brasileira de Artes Populares .
Segundo a diretora da Cadica Cia de Dança, Cláudia Pereira da Costa, a Cadica, houve a preocupação de representar as várias regiões do país. " O nosso Brasil possui muitas culturas diferentes, e nós mostramos um pedaço de cada região do nosso país para o mundo", destaca a diretora. A delegação brasileira que apresentou este espetáculo na Coreia, é composta por diversos profissionais, entre eles: bailarinos, atores, músicos, cantores e produtores.
Nosso lindo e maravilhoso país sempre será motivo de grandes inspirações para a Arte em geral de nosso povo assim também como de muitos outros povos de países do mudo inteiro, que se inspiram com o nosso LINDO BRASIL.
Nossas músicas, nossas danças, nossos costumes, nossa geografia, nossa história, nossa gente,...
Um povo que canta e dança sua cultura com emoção! 
Um povo guerreiro, bravo e forte!!

No repertório que mostra o Brasil de Norte a Sul, destacamos, Odeon, um samba enredo de Carnaval , Aquarela do Brasil, Tico tico no fubá, Danças Gaúchas, Chote laranjeira, Frevaricação, Maracatú, Afoxé, Bombos, Boleadeiras, Asa Branca,... entre outras tantas músicas maravilhosas, onde os bailarinos dão um tempero todo especial em coreografias que mostram o nosso amado Brasil! 

Bailarinos: Alexia Bernardes, Anita Husberg, Cláudia Pereira da Costa (Cadica), Emily Borghetti, Gabriel Coelho, Guilherme Ferrera, Henrique Gonçalves da Silveira, Jeniffer Pedroso, Mariana Ceccon, Marcos Kieling da Costa, Paloma Perez, Pedro Borghetti e Raphael de Paula Lima
Bailarino Solista: Lídio Vieira dos Santos Júnior 

HAPPY HOUR - JOGOS DE IMPROVISO (RS)


Teatro de Câmara Túlio Piva - Rua da República, 575 Cidade Baixa - Porto Alegre

29/01, 30/01 e 31/01 - terça a quinta - 21h 

Viva o chope com batata frita! Viva a conversa de boteco! Viva o nó frouxo na gravata e a menina de saia que passa na calçada! O Happy Hour é a celebração das coisas boas da vida e o acordo de não falar sobre trabalho, chefe ou sogra, a não ser que seja pra falar mal.
Eduardo Mendonça, Thiago Prade, Marcos Piangers e Ravel Andrade levam para o palco do Porto Verão Alegre os jogos de improviso, a irreverência, o descompromisso e as risadas da hora mais feliz do dia com o espetáculo Happy Hour. Nesta celebração da boa vida a plateia é quem decide o que vai acontecer no palco. Não há textos programados, apenas atores se divertindo com os novos amigos que vieram pra festa. Compareça e traga quem quiser, todos são convidados! Saúde! 

16 anos
80 min

Foto: Heron Lopes Jr.
Direção: o grupo.
Elenco: Eduardo Mendonça, Marcos Piangers, Ravel Andrade e Thiago Prade.
Luz/Som: Oliver Weber
Direção de produção: Luciano Barth Lopes
Produção: Artistaria Agência Produtora 

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

GOZADAS (RS)


113_152.JPG
Sala Álvaro Moreyra - Av. Érico Veríssimo, 307, Menino Deus 

29/01, 30/01 e 31/01 - terça a quinta - 21h 

Neste Pequeno Teatro de Variedades, Patsy Cecato apresenta os quadros de Stand Up Comedy que tratam sobre questões da mulher nos dias de hoje. Quatro personagens diferentes tratam dos temas: amigas, namorados, plástica, prostituição e celebridades. Entremeando os quadros de humor, os perfomers Caio Prates, João Carlos Castanha, Fernanda Moreno e Andryos Montanari apresentam números musicais e coreográficos. Para rir e se divertir. 

14 anos
60 min

texto: Patsy Cecato e Ângela Dip
elenco: Patsy Cecato, Caio Prates, João Carlos Castanha, Andryos Montanari e Fernanda Moreno
direção: Patsy Cecato

Foto: Moa Júnior 

domingo, 27 de janeiro de 2013

AI! KÊ NOJO! (RS)


Após uma suposta traição, “Fefê e Cleto” estão separados, mas morando na mesma casa. O dia a dia do ex-casal, vivendo sob o mesmo teto, vira um inferno. Visitas estranhas, ligações misteriosas... Enfim, este simpático ex-casal estão abertos, ou melhor, abrem as portas de seu ex-Lar, outrora ninho de Amor, para lhe mostrar como é dura a vida de um casal de ex-casados.
Texto e Direção: Júlio Lhenardi
Elenco: Allex Manzônia, Edye, Gabriel Motta, Laerte Cardoso, Júlio Lhenardi.   
29,30 e 31 Janeiro, 21 hs. 
Classificação 12 anos

NIGHT CLUB, O MUSICAL (RS)


Teatro de Arena - Av. Borges de Medeiros, 835 - Centro 

29/01, 30/01, 31/01, 01/02, 02/02, 03/02 - 21h 

"Night Club, O Musical” é um “thriller” musical que conta a história de duas irmãs gêmeas pobres, negras e sua trajetória em busca do sucesso. A trama se passa nos bastidores de uma famosa casa noturna paulista nos anos 30 e oferece os elementos tradicionalmente presentes neste gênero, como suspense, mistério, intriga, números musicais, humor e muita ação. 

12 anos
70 min

Crédito da foto: Gerson de Oliveira

Texto e direção: Claudio Benevenga
Elenco: 
Denizeli Cardoso
Glau Barros
Pablo Capalonga
Iluminação: Anilton Souza
Trilha Sonora e direção musical: Everton Rodrigues
Preparação Vocal: Francis Padilha
Coreografias e preparação corporal: Sayonara Sosa
Figurinos: Daniel Lion
Cenário: Claudio Benevenga
Fotos: Gerson de Oliveira
Assessoria de Imprensa: Silvia Abreu
Projeto Gráfico: Sandro K
Produção Executiva: Denizeli Cardoso e Claudio Benevenga 

IMAGINAÇÃO (RS)


129_169.jpg
Sala Carlos Carvalho - Casa de Cultura Mário Quintana - Rua dos Andradas, 736 / 2° Andar - Centro 

29/01 e 30/01 - terça e quarta - 21h 

Um show de ilusionismo que dará asas a sua imaginação. 
Certamente a mais poderosa arma existente na face da terra repousa na inocência de nossa infância: A Imaginação.
As crianças se identificam com a temática do show e tem sua criatividade estimulada enquanto os adultos recebem um passaporte para viajar ao encontro da melhor época de suas vidas, a infância.
Momentos de mistério e humor compõem este show repleto da mais pura Imaginação.


Livre
45 min

Texto, criação e concepção: Lucio Alves
Direção: Lucio Alves
Iluminação: Leandro Gass

Foto: Anna Paula Arruda

CAMINHOS QUE CRUZEI, AMIGOS QUE ENCONTREI (RS)

52_212.jpg

          Teatro Bruno Kiefer -

29/01, 30/01 e 31/01 - terça a quinta - 21h

Há doze anos em cartaz, o espetáculo aborda a vida após a morte, narrando a história de Felipe, um jovem que morre em um acidente de moto em duas fases: Na primeira, em busca de vingança ele fica na Terra unindo-se a seres das trevas. Na segunda, após recuperar-se e estudar em uma colônia espiritual, ele retorna com a missão de auxiliar pessoas em sofrimento. A peça aborda também temas sempre debatidos como: Aborto, Suicídio, Drogas e Obsessão.

Autor: Felipe Souza - Psicografia: Elis Dutra
Elenco: Allex Manzônia, Carolina Caon, Deives Rocha, Eduardo Camargo, Gisele Faerman, Juliana Pretto, Lesiane Morahto, Melissa Monteiro e Volnei Cardoso.
Iluminação: Leandro Gass
Texto e Direção: Luis Carlos Pretto

Foto: Luis Carlos Pretto / Cia Hariboll           

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

HUMOR Á MODA ANTIGA, PAULINHO MIXARIA (RS)


149_224.jpg
Teatro Novo DC Navegantes - Rua Frederico Mentz, 1561 - Navegantes 

 25/01, 26/01 e 27/01 - sexta a domingo - 21h 


Uma prosa agradável sobre o cotidiano e a família. 

Livre
90 min

Texto,direção e Produção: Paulinho Mixaria

Crédito Foto:Acervo Paulinho Mixaria 

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

NÓS! (EM OFF) (RS)


117_157.jpg
Sala Carlos Carvalho - Casa de Cultura Mário Quintana - Rua dos Andradas, 736 / 2° Andar - Centro
25/01, 26/01 e 27/01 - sexta a domingo - 21h 

Um grupo de teatro tenta sobreviver ao caos e à loucura na montagem de uma peça. Assim, a insanidade escondida dos bastidores ganha vida nesse espetáculo, revelando ao público o que pode acontecer na mais silenciosa e intrigante angústia dos bastidores.

O comportamento nada amistoso de cada ator; a experiência de uns versos o amadorismo de outros; suas rixas e egos são revelados nesta engraçada e delirante comédia. 

75 min

Direção: Everson Silva
Dramaturgia: Everson Silva – Livremente inspirado no livro “Noises Off de Michael Frayn”
Elenco: Daniele Carvalho, Rodrigo Shalako, Gustavo Cardoso, Iurqui Pinheiro, Jony Pereira,
Letícia Bottari, Duda Meneghetti e Everson Silva.
Cenografia: Henri Iunes / Rodrigo Shalako
Figurinos: O grupo
Iluminação: Catarino Grosser
Fotos: Fábio Bottari
Produção: Jony Pereira 

SEXO, MENTIRAS E GARGALHADAS (RS)


31_211.jpg

Teatro Bruno Kiefer - Casa de Cultura Mario Quintana R. dos Andradas, 736 - Centro 

25/01, 26/01 e 27/01 - sexta a domingo - 21h 


Stand Up Comedy de personagens que é um verdadeiro "show do humor". Durante 70 minutos, os atores se revezam em seis engraçadíssimos personagens que transitam pelo universo do sexo. 

14 anos
70 min

Textos e direção:
Claudio Benevenga, 

Elenco:
Paulo Adriane - DRT 4385
Pablo Capalonga - DRT 5230
Claudio Benevenga - DRT 3766

Criação e operação de luz:
Anilton Souza

Criação e operação de som:
Jorge Foques

Cenário:
Hélio Pequelin

Figurinos:
Claudio Benevenga

Projeto Gráfico:
Dian Paiani

Produção Executiva:
Claudio Benevenga e Denizeli Cardoso

Foto: Andreia Cocolicho 

HOMENS DE PERTO 2 (RS)




8_190.JPG
Teatro da AMRIGS - Avenida Ipiranga, 5311 - Porto Alegre - RS 

24/01, 25/01, 26/01 e 27/01 - de quinta a domingo - 21h 


Neste segundo espetáculo, os Homens de Perto experimentam novas aventuras na arte de fazer gargalhar. Desta vez incursionam pelos subterrâneos do ocultismo, da magia e da telepatia. Dão uma passada numa estética feminina para ver o que “elas” pensam, propõem um louco separatismo entre Rio Grande do Sul e o Brasil, cantam, dançam e pagam mais mico. 

12 anos
80 min

Autor: Artur José Pinto
Elenco: Oscar Simch, Rogério Beretta, Zé Victor Castiel
Direção: Néstor Monasterio
Foto: João Ricardo 

O BAILE DO ANASTÁCIO (RS)


22 – ter, 18h30 – O BAILE DOS ANASTÁCIO
Parque da Redenção – Porto Alegre/RS

24 – qui, 18h30 – O BAILE DOS ANASTÁCIO
Parque da Redenção – Porto Alegre/RS


Uma trupe de fantasmas bufos, em cortejo, vem passando de cidade em cidade para contar a história de um baile que durou trinta dias. O maior e mais fantástico baile que já houve nos pampas, que consumiu uma imensidão de novilhas, toneis de vinho e outras bebidas, dezenas de comas alcoólicas e vinte piás de pais desconhecidos ou coisa que valha. Onde personagens históricos (os últimos ameríndios, Gauchito Gil), figuras folclóricas e emblemáticas (Ivo Rodrigues, Fermina Pedrosa) permeiam este causo repleto de encontros, desencontros, brigas, peleias, falecimentos, danças e namoros de forma divertida, dinâmica e bem humorada.

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia: Luis Alberto de Abreu
Direção: Claudia Sachs
Elenco: Frederico Vasques, Karine Paz, Hamilton Leite, Mariana Hörlle, Paulo Brasil e Paulo Roberto Farias
Trilha Sonora: Diego Silveira, Mateus Mapa e Simone Rasslan
Figurinos e adereços: Alexandre Magalhães e Silva
Cenografia: Luis Marasca
Assistente de cenografia: Lia Rodrigues
Arte Gráfica: Vera Parenza
Coordenação de Produção: Giancarlo Carlomagno
Produção: Ilson Fonseca, Hamilton Leite e Vera Parenza
Assessoria de Imprensa: Adriana Lampert
Duração: 60 minutos

Maiores informações na página da Oigalê: http://www.oigale.com.br/

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

A SERPENTINA, OU MEU AMIGO NELSON (RS)


A montagem de rua é inspirada na última peça de Nelson Rodrigues, "A Serpente". Marcado pelo tom farsesco e tendo como referência o universo dos antigos carnavais, o trabalho busca experimentar uma linguagem diversa para contar a famosa história das irmãs Guida e Lígia: enquanto Guida é feliz com seu esposo, Lígia vive a decepção de um casamento infeliz. A fim de ajudar a irmã que pensa em morrer por ainda não conhecer o amor carnal, Guida lhe oferece o seu próprio marido para que passem uma noite juntos. Depois desse fato, numa noite de Carnaval, nada será como antes…
O espetáculo recebeu os prêmios de Melhor Espetáculo, Melhor Direção e Melhor Ator no Prêmio Mais Teatro Revelação concedido pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre. 

OBS: todas as apresentações gratuitas. Em caso de chuva, será cancelado.

Serviço:
- dia 25 de janeiro, sexta-feira, às 20h30, no Largo Zumbi dos Palmares (antigo Largo do Epatur, no cruzamento da rua José do Patrocínio e avenida Loureiro da Silva, bairro Cidade Baixa) - Porto Alegre
- dia 26 de janeiro, sábado, às 19h30, na prainha da Usina do Gasômetro - Porto Alegre
- dia 27 de janeiro, domingo, às 11h, no Brique da Redenção (em frente à Igreja Santa Teresinha) - Porto Alegre
- dia 27 de janeiro, domingo, às 17h, no Parque dos Macaquinhos (Parque Getúlio Vargas) - Caxias do Sul

Ficha Técnica:
Dramaturgia: o grupo, inspirada na obra "A Serpente", de Nelson Rodrigues
Direção Cênica: Evelise Mendes
Elenco: Alexandre Borin, Evelise Mendes, Fabiana Santos, Gyan Celah, Létz Pinheiro, Marcelo Pinheiro, Tefa Polidoro
Figurinos: o grupo, sob a orientação de Létz Pinheiro
Orientação Musical: Pâmela Amaro e Rafael Salib
Foto: Adriana Marchiori
Apoio: Povo da Rua - teatrodegrupo; Condomínio Cênico Hospital Psiquiátrico São Pedro
Realização: Grupo Pindaibanos

CAUSOS E PIADAS DE ZURBA FAGUNDES (RS)


Um show de humor diferente com inúmeras surpresas envolvidas, onde a plateia define cada título, interage diretamente com os atores, podendo até fazer parte de cenas. Essas características permitem grande interatividade, fazendo o público sentir-se mais próximo do espetáculo, sendo parte integrante do mesmo.
O novo show do gaudério Zurba Fagundes que explora, principalmente, as diversas
Elenco: Zurba Fagundes
25,26 e 27 de Janeiro as21 hs. Teatro Hebraica
Classificação Livre

COMO AGARRA MARIDO ANTES DOS 40 (RS)

16_23.jpg
Teatro de Câmara Túlio Piva - Rua da República, 575 - Cidade Baixa

25/01, 26/01 e 27/01 - sexta a domingo - 21h

A comédia aborda de forma divertida e bem-humorada um dos assuntos mais badalados do mundo contemporâneo: a busca pela alma gêmea. Lúcia , uma bem-sucedida advogada, percebe que vai fazer 40 anos e ainda está solteira. Ela entra em total desespero e resolve achar de qualquer maneira um marido em seis meses. A história conta todas as investidas, atropelos e aventuras da protagonista na busca de um grande amor antes do seu 40º aniversário.

12 anos
75 min

Crédito da foto: Claudio Benevenga

Texto e direção
Claudio Benevenga

Elenco: Suzi Martinez - Débora; Denizeli Cardoso – Dalva; Marlise Damime – Lúcia
Figurinos: Zélia Mariah
Cenário: Claudio Benevenga
Iluminação: Anilton Souza
Trilha Sonora: Leandro Nunes
Coreografias: Sayonara Sosa
Projeto Gráfico: Dian Paiani
Produção Executiva: Claudio Benevenga e Denizeli Cardoso

APARECEU A MARGARIDA (RS)

79_235.jpg

Usina do Gasômetro - Sala 505  

25/01, 26/01 e 27/01 - sexta a domingo

21h

A professora, Dona Margarida, no primeiro dia de aula de uma turma de 5ª série, resolve expor suas ideias nada ortodoxas aos alunos (plateia). Ela fala de maneira cruel, polêmica e cômica sobre os fatos da vida: sexo, educação, morte, autoritarismo. Renato Del Campão dá vida à professora, tendo sido indicado ao Prêmio Açorianos de Melhor Ator por sua atuação vigorosa. A peça, que completa 4 anos, já foi montada em mais de 30 países, tendo sido enorme sucesso na pele de Marília Pêra.

Texto: Roberto Athayde
Elenco: Renato Del Campão e Maiquel Klein
Direção, trilha sonora e iluminação: Eduardo Kramer
Realização: Cia Teatrofídico e projeto Usina das Artes

Foto: Luciana Mena Barreto           


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

KRONNUS, O ILUSIONISTA (RS)


109_146.jpg
Teatro do SESC - Avenida Alberto Bins, 665, centro 

22/01, 23/01 e 24/01 - terça a quinta - 21h 

O Espetáculo mistura mágica, ilusionismo, humor, dança e poesia, criando um ambiente fantástico onde tudo pode acontecer. Recheado com grandes ilusões de calibre internacional, com destaque especial para a levitação de 360 graus, o show também surpreende com uma bela iluminação cênica e trilha sonora original. O Mágico Kronnus é reconhecido pelas participações marcantes na TV Brasileira, atualmente é tido como o “Mágico do Fantástico” em razão das séries que produziu para o programa como : ”Parque das Enganações” e “Phantasmagoria”. 

Livre
60 min

Roteiro e Direção: Thiago Neves
Elenco: Thiago Neves (Mágico Kronnus), Diana Fróes, Paloma Fuchs e Marcelo Campos
Trilhas e Sonorização: Maninho Melo
Iluminação: Leandro Gass
Assistente Técnico: Marcelo Campos 
Voz em off: Danny Gris
Produtora Executiva: Daia Gomes 
Produção: O Mago Produções

Foto: Malcoln Robert 

PAPAÉU E O ATAQUE DOS CLONES (RS)



Quando o cientista Also Starring cria uma máquina de clonagem humana num laboratório de fundo de quintal, tudo o que precisava era de uma cobaia destemida como o Papaéu para testá-la. O que ele não esperava eram os efeitos colaterais, que fariam o feitiço virar contra o feiticeiro.
O Ataque dos Clones é uma divertida comédia onde Celso Sant’Anna está na pele de um cientista picareta que usa sua invenção sem nenhum escrúpulo, enquanto Eron Dal Molin interpreta o colono Papaéu e outros personagens: a colunista social Charlotte, o gaudério Índio Morales, o presidente Lula, o ex-governador Olívio Dutra, além de jogador de futebol e lutador ninja. O Ataque dos Clones é uma peça leve, para todas as idades, onde prevalece o humor sutil e irreverente, sobre um tema atual e com um final surpreendente.
Elenco: Eron Dal Molin (Papaéu) - Celso Sant’Anna (Also Starring)
Confecção do Cenário e Adereços: Júlio Freitas
Figurinos: Maiguida
Operação de Som: Oliver Cabeludo
Crédito das fotos: Camila Mazzini

PORTO VERÃO ALEGRE - 
05, 06 E 07 DE FEVEREIRO - 21HS 
Teatro Bruno Kiefer

4ª Mostra de Teatro Comédia
08,09 e 10 Janeiro, 21 hs.



segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

POP HAMLET (RS)


Investigação cênico-musical a partir de Hamlet de Shakespeare e Hamletmaschine de Heiner Müller
Depois do enorme sucesso da 1ª temporada O Projeto ‘Geração Máquina’, compartilhamento artístico entre o GRUPOJOGO de ExperimentAção Cênica, Teatro Geográfico e Santa Estação Cia de Teatro esta de volta para a segunda temporada de ‘POP HAMLET’.
O ‘Track02’ do Projeto investiga o universo das obras ‘Hamlet’ de Shakespeare e ‘Hamletmáquina’ de Heiner Müller, unindo o drama deste personagem à cultura pop, que além de um gênero musical é uma forte vertente artística, que se manifesta de inúmeras maneiras na sociedade há meio século.
‘POP HAMLET’ tem direção de Alexandre Dill e Tatiana Vinhais, que interligam seus métodos de trabalho e seus atores para contar os conflitos e relações que se sucedem dentro do castelo de Elsinor após a morte do rei, sob um olhar e um pensamento ‘pop’, através de suas ‘populares’ celebridades, símbolos, sons e movimentos.
‘Pop Hamlet’ fará uma curta temporada nos dias 24, 25, 26 e 27 de janeiro de 2013 quinta, sexta, sábado e domingo, às 21h, na sala 309 da Usina do Gasômetro, com ingressos a 20 reais (inteira) 10 reais para estudantes, idosos e 15 reais para a classe artística.


SERVIÇO:

DIAS: 24, 25, 26 e 27 de janeiro (quinta, sexta, sábado e domingo)
HORA: 21 horas
LOCAL: Sala 309 - Usina do Gasômetro - Av. Pres. João Goulart 551

Ingressos no local: 20 reais (inteira)
10 reais (estudante e idosos
15 reais (classe artística)
(Descontos mediante apresentação de comprovante- Carteira de estudante, RG e DRT)


Ingressos antecipados NA CASA DE TEATRO
15 reias (inteira)
7,50 (estudantes e idosos)
10 reais (classe artística)
(Descontos mediante apresentação de comprovante- Carteira de estudante, RG e DRT)


REALIZAÇÃO:

GRUPOJOGO & TEATRO GEOGRÁFICO.
Contatos: www.facebook.com/POPHAMLET | 51-9289572

GAUDÊNCIO EM BUSCA DE ODETE (RS)


119_195.jpg
Teatro de Câmara Túlio Piva - Rua da República, 575 Cidade Baixa - Porto Alegre 

22/01, 23/01 e 24/01 - terça a quinta - 21h 


Gaudêncio em busca de Odete
Cris Pereira (Jorge da Borracharia) traz aos palcos um de seus primeiros personagens humorísticos, o Gaudêncio. O show Gaudêncio em busca de Odete conta as aventuras deste bagual xucro em terras estrangeiras (fora do RS) em busca de sua linda prenda Odete. O espetáculo conta os imprevistos ocorridos durante essa busca e todas as encrencas onde o gaudério se mete durante sua aventura. 

Roteiro, elenco e direção: Cris Pereira
Classificação etária: 14 anos
Duração: 75 minutos
Foto: Edu Defferrari 

ELAS IMPROVISAM (RS)


CIA ARTIURBANA APRESENTA:
ELAS IMPROVISAM
Em um espetáculo 100% improvisado, quatro atrizes ficam a mercê do diretor e do público tendo que criar na hora: Cena, jogos, momentos, músicas e esquetes de acordo com as palavras e situações sugeridas.
O que uma mulher faz sem: Batom, pretinho básico, amor, internet, chocolate, absorvente, pneu estepe, cartão de crédito?
Elas improvisam!

Ficha Técnica:
Alessandra Danielli, Juliana Pretto, Suka Rodriguez e Melissa Monteiro
Direção Geral: Luis Carlos Pretto
22,23 e 24 de Janeiro, 21 hs.
Teatro da Hebraica
Classificação Livre

BECKETT & BION - O GÊMEO IMAGINÁRIO (RS)

140_203.JPG
 


           Teatro de Arena -

24/01, 25/01, 26/01 e 27/01 - quinta a domingo

21h

Wilfred Bion foi presidente da Sociedade Britânica de Psicanálise e um dos psicanalistas mais importantes deste século. Samuel Beckett é talvez o maior dramaturgo dos nossos dias, vindo a ser o responsável por uma verdadeira revolução no pensamento contemporâneo. Após a morte de seu pai, Beckett sofreu uma grave depressão. Procurou tratamento psiquiátrico e foi
tratado pelo jovem Bion.

A narrativa de BECKETT & BION - O GÊMEO IMAGINÁRIO se inicia aqui, partindo de pontos concretos da relação dos dois e avançando no ambiente especulativo da imaginação, onde a cada instante o universo ficcional recebe afluxos do passado e do futuro, tendo como pano de fundo a obra posterior de Beckett e elementos biográficos da vida de Bion. Os dois nunca mais se falaram após o término da análise - a obra de ambos, entretanto, ficou marcada para sempre por este evento.

Texto e direção: Julio Conte

Créditos da Foto : Cinthya Verri

ELENCO: Thiago Tavares, Catharina Conte, Martha Brito, Gabriel Ditelles, Cristiano Godinho e Pingo Alabarce

TRILHA SONORA ORIGINAL: Celau Moreyra
MÚSICOS: Celau Moreyra (violoncelo), Luiz Mauro Filho (piano) e Fabio Mentz (estúdio e técnica de gravação)
FIGURINOS: Mirele Rittel
PREPARAÇÃO VOCAL: Ligia Motta
PREPARAÇÃO CORPORAL: Thais Petzhold
CENÁRIO: Catia Picolo
CABELOS: Vinicuis Cardoso
ILUMINAÇÃO: Marga Ferreira / Alexandre Lopes
ARTE: Ana Lorenzon

PRODUÇÃO: Cômica Cultural           



OS INOXIDÁVEIS (RS)


Em seu quarto ano de existência o grupo Os Inoxidáveis, como não podia ser diferente, decide fazer uma apresentação festiva, comemorativa e com remontagem dos quadros mais aclamados ao longo desses quatro anos.
Desta vez, Os Inoxidáveis traz ao público um espetáculo que transcende a "quarta parede" e atribui à plateia um papel determinante na dinâmica do que será visto.  O público é apresentado a um "cardápio" de esquetes cômicas e ele, o público, decide a ordem e os quadros que gostariam de ver.
Essa "brincadeira" representa para os atores, bem como para quem assiste, um elemento surpresa muito instigante, pois cada apresentação é um mistério.
O que esperar de um espetáculo assim? Muito humor, improvisação, participação ativa da platéia, e o mais importante... risos, muitos risos!
Esse espetáculo tem direção de Marcos Dávila, produção de Gleik Lino e Juliana Hernandes, participação especial de Toni Marmo e atuação dos atores do elenco atual, bem como participação de atores que já passaram pelo elenco.


HISTÓRICO DO GRUPO
A história do grupo Os Inoxidáveis se confunde com a história de outro grupo criado anos atrás. O Deboshow foi idealizado, criado e dirigido pelo grande comediante paulista radicado em Goiás Júlio Vilela. Durante dois anos esse show de humor foi um grande sucesso no extinto Chopp 10. Na última apresentação, o Deboshow chegou a ter 423 pessoas pagantes dentro daquela casa. Com o precoce falecimento do então diretor, o grupo resolveu não dar continuidade ao show por não querer substituí-lo no leme do trabalho.
Passaram-se dois anos e alguns dos atores do antigo show resolveram se juntar a outros jovens comediantes e inaugurar um novo show nos moldes do extinto Deboshow,mas com uma cara nova, mais moderna, com cenas ainda escrita pelos próprios atores, mas onde pudessem cantar, dançar e experimentar novas formas de fazer comédia.
Nascia ali OS INOXIDÁVEIS.

Ficha Técnica -
Espetáculo: Os Inoxidávies "no quarto"
Direção: Marcos Dávila
Cenografia: Vinicios Borges
Produção: Gleik Lino e Juliana Hernandes
Iluminação: André Srur
Sonoplastia: Bruno Moreira
Cenário: Vinicios Borges
Design gráfico: Jéssica Hernandes
Fotografia: Paulo JR
Elenco:
- Aline Freire
- Gleik Lino
- Juliana Hernandes
- Marcelo di Castro
- Mirelle Araújo
- Victor Baliane
Participação especial (Toni Marmo)
Data: 08/12/2012
05,06 e 07 de  Fevereiro 21 hs.
Classificação Livre

  4ª Mostra Comédia Teatro Hebraica
Rua João Telles, 508 / Bom fim (POA,RS)
Fones: 51 3012.3855 / 9231.5431

domingo, 20 de janeiro de 2013

SOBRE ANJOS E GRILOS - O UNIVERSO DE MÁRIO QUINTANA (RS)


Teatro Bruno Kiefer - Casa de Cultura Mário Quintana - Rua dos Andradas, 736, Centro - Porto Alegre 

22/01, 23/01 e 24/01 - terças a quintas - 21h 


“Sobre Anjos & Grilos” é um espetáculo híbrido - cômico, lírico, poético - no qual uma atriz, numa junção entre a fala, o gesto, a poesia, as artes plásticas e a música, conta, interpreta e canta textos e poemas de Mario Quintana (1906/1994), revelando não apenas o Mario confessional e lírico dos poemas, mas sua face pouco conhecida: a das entrevistas e das frases agudas e desconcertantes que questionam os valores da sociedade, da vida e da morte.

A peça contribui efetivamente para romper o preconceito em relação à poesia. Com mais de 15 prêmios recebidos, já percorreu quase todos os estados brasileiros conquistando plateias de todas as idades e de diferentes classes sociais. 

Livre
60 min

Textos e Poemas - Mario Quintana
Concepção, Roteiro e Atuação - Deborah Finocchiaro
Direção - Deborah Finocchiaro e Jessé Oliveira
Imagens - Zoravia Bettiol
Trilha Sonora original - Chico Ferreti 
(Com exceção das músicas Ecogliter, de Laura Finocchiaro e Franco Junior, e trechos das músicas Baleada Noturna, de Lory Finocchiaro, 4ª Sinfonia de Mahler e Concertos de Brandenburgo n° 4 e 5 de Johann S. Bach)
Voz em Off - Paulo José
Iluminação - Fabrício Simões e Jessé Oliveira
Operação de Luz - Leandro Roos Pires
Técnico de Som e Imagens - Victor Petroscki 
Figurino - Raquel Cappelletto
Programação Gráfica - Ricky Bols
Produção - Daniela Lopes e Deborah Finocchiaro
Assistência de produção - Franciele Aguiar 
Assessoria digital - Vitor Leal
Direção Geral - Deborah Finocchiaro
Realização - Companhia de Solos & Bem Acompanhados
Foto: Vilmar Carvalho
www.sobreanjosegrilos.com.br
www.deborahfinocchiaro.com 

30 ANOS DE BETHÂNIA (RS)



91_128.jpg
Sala Álvaro Moreyra - Av. Érico Veríssimo, 307, Menino Deus 

18/01, 19/01 e 20/01 - sexta a domingo - 21h 

A impagável personagem criada pelo ator/cantor e compositor, Antônio Carlos Falcão “Maria Bethânia” (de Bagé) que tem encantado o publico porto alegrense a 30 anos, continua esta temporada acompanhada de sua excelente banda! 

Ficha Técnica:

Antônio Carlos Falcão – Maria Bethânia
Violão – Alexandre Missel
Guitarra – Daniel Nodari
Baixo – Aldo Ibanos
Bateria – Cesar Audi

Figurinos: Rô Cortinhas

Iluminação: Marga Ferreira

Direção: Antônio Carlos Falcão

Foto: Jeff Ferreira

Duração: 1h

Classificação: livre

COMO ENLOUQUECER SUA ALMA GÊMEA GAY (RS)

 
 
Sala Carlos Carvalho - Casa de Cultura Mário Quintana - Rua dos Andradas, 736 / 2° Andar - Centro

22/01, 23/01 e 24/01 - terça a quinta - 21h
A comédia Como Enlouquecer Sua Alma Gêmea -gay é uma estética homossexual construída a partir de um jogo cênico de encontros e desencontros. De um lado está Paulo, um homem mal resolvido sexualmente que mantém uma relação com Valdo. Essa relação também é mal resolvida, já que todo o verão Paulo abandona Valdo para poder curtir o veraneio na praia com os amigos. Dou outro lado está Valdo, um pouco mais velho, que faz de tudo para evitar a separação.

70 min

Texto e direção: Pedro Delgado
Assistente de direção e criação de luz: Paulo Romera
Operação de luz: Vilmar Silva
Trilha sonora, criação: Otávio Segala
Operação: Luis Carlos Pretto
Elenco: Alexandre Gandolfe e Pedro Delgado

Fotos: Vilmar Carvalho

sábado, 19 de janeiro de 2013

A GALINHA PINTADINHA (PE)


O Espetáculo Musical A GALINHA PINTADINHA alia diversão e informação; utilizando-se dos seus personagens famosos e queridos pelas crianças para por meio deles fazer um resgate de canções populares infantis com muita dança e histórias engraçadas.
A amizade, a importância da coletividade, o senso crítico, a alegria de ser criança, são pontos abordados no espetáculo que de forma teatral e divertida  fala sobre situações do universo  da criança. O Espetáculo preocupa-se  com  a  formação do ser pensante e encanta não somente as crianças mas público de  todas as idades.O grupo é formado por atores  de Recife Este espetáculo esta encantado o Brasil,  já se apresentou nas cidades de Goiânia-GO, Brasília-DF, Salvador-BA, Cuiabá-MT,  Campo Grande-MS, Fortaleza-CE,  Maceió-AL, Recife-PE, Belém-PA, Curitiba-PR, Teresina-PI,  Uberaba-MG, Uberlândia-MG , Feira de Santana-BA , Porto Alegre - RS, Vitória – ES, Caxias do Sul – RS, Joinville – SC, Blumenau – SC, Florianópolis – SC, Cascavel-PR e Maringá –PR.
O grupo é formado por atores  de Recife  :CLARINA RAPOSO,/DANIEL  ALBUQUERQUE /,DIEGO MARTINS  DA SILVA/,MADSON MURILO ,/ERICA SANTOS,/LOPES/
 Direção  Marcelo Bonfim
19 e 20 de Janeiro, as 16h com sessão extra se tiver lotação máxima.
Teatro Hebraica
Classificação Livre

MAGICOMÉDIA (RS/PR)


Com personagens caricatos, improviso e muita interatividade com o público, “Magicomédia” é um espetáculo diferente, unindo mágica e humor de uma maneira única.
Os diferentes personagens se apresentam com o objetivo de serem avaliados pelo público para que se escolha um mágico para compor a dupla com Juan Araújo, que por sua vez também apresenta seus números entre um “candidato” e outro.

Roteiro/Direção/Elenco: Juan Araújo e Eduardo Toledo
18,19 e 20 de Janeiro, 21 hs.
Classificação Livre

Serviço

Teatro Hebraica 
Sempre 21h
Gen. João Telles, 508 1° Andar Bom Fim – POA/RS
Informações: 51. 3012.3855
teratrohebraica.blogspot.com.br
mostradeteatrocomedia.facebook.com
Valores dos Ingressos:
R$ 20,00 (Inteira)
      30% Clube ZH
      50% desconto estudantes, Professores, Idosos, Classe Artística e Clube do Assinante Zero Hora
R$ 15,00 (Antecipado)



PROCURA-SE UM PAR IDEAL (RS)


Angélica é uma pacata mulher que vive com seu sogro cadeirante, Sr. Antônio, e com Carlos, seu marido. Ela julga ter uma vida feliz até que Carlos a abandona e deixa seu próprio pai aos cuidados da ex-esposa. Desolada, com um sogro nem tanto amigável, Angélica começa uma busca pelo seu par ideal.
Dramaturgia: Daniela Lima
Elenco: Abramo Petry, Daniela Lima, Cleber Magni ,Mariana Britto, Rosane Arruda, Fernandah Costa  Renato Pertile e Suka Rodriguez.
Direção: Daniela Lima
11,12 e 13 de  Janeiro, 21 hs.
Teatro Hebraica
Classificação Livre

WALMOR CHAGAS - UM HOMEM INDIGNADO

E faleceu ontem, dia 18, o ator Walmor Chagas, gaúcho, aos 82 anos. Tive o privilégio de assisti-lo dentro da programação do Porto Alegre em Cena com o espetáculo, "Um homem indignado". O espetáculo trazia  traços autobiográficos. Na época, Walmor estava com 74 anos. Na época, em entrevista à Folha sobre a peça, o ator disse: "Nós estamos indo para o abismo. Quem se atirou do décimo andar, por mais que vá passar pelo oitavo, acha que está tudo bem. O Velho sabe que está tudo mal e que irá se esborrachar." O texto fazia críticas à excessiva reprodução de imagens na sociedade contemporânea, com menção a programas televisivos como os reality shows. Segundo seu biografo o sonho de Walmor era ser uma grande ator de cinema, sonho que não se concretizou efetivamente, apesar de participar de cerca de 20 filmes. 
Com mais de 60 anos de carreira, o gaúcho Walmor de Souza Chagas atuou em mais de 40 peças, cerca de 20 filmes e mais de 30 novelas. Era considerado um dos grandes atores do teatro brasileiro.

Walmor Chagas nasceu em Alegrete, no Rio Grande do Sul, em 28 de agosto de 1930. No começo dos anos 50, foi para São Paulo em busca de uma chance no cinema.
Em 1952, Chagas fundou o Teatro das Segundas-Feiras, com Ítalo Rossi, encenando “Luta até o amanhecer”, de Ugo Betti. Ele estreou no Teatro Brasileiro de Comédia em 54, na peça “Assassinato a domicílio”, de Frederick Knott, com direção de Adolfo Celi.
Ao lado de Eva Wilma, o ator estreou no cinema em “São Paulo Sociedade Anônima” (1965), de Luís Sérgio Person, interpretando Carlos, um jovem da classe média. Sua primeira novela foi na TV Globo em 1974, na trama de “Corrida do ouro”.
Em 1992, Chagas chegou a apresentar o programa “Você decide”. Após oito anos afastado dos palcos, o ator retornou em 1999 na peça “Um equilíbrio delicado”.

Seus últimos trabalhos foram “Cara ou Coroa” e “A Coleção Invisível”, no cinema; e as novelas “A favorita” e “Os mutantes”, na televisão. Chagas era viúvo da atriz Cacilda Becker, com quem teve uma filha, Maria Clara Becker Chagas.
A organização do Prêmio Shell de Teatro anunciou no dia 21 de dezembro de 2012 que Walmor Chagas seria o grande homenageado na edição de 2013 do evento, que deve acontecer em março, "por seu papel histórico como ator e produtor em 64 anos de atividade no teatro brasileiro".

A COMÉDIA DOS ERROS (RS)



            Sala Álvaro Moreyra - Av. Érico Veríssimo, 307 

22/01, 23/01, 24/01, 25/01, 26/01 e 27/01 - terça a domingo  21h
A crise de identidade sob o ponto de vista cômico é o tema central de "A Comédia dos Erros", possivelmente a primeira obra escrita por William Shakespeare, que se desenvolve em torno de dois pares de gêmeos idênticos - os dois Antífolos e seus criados Drômios - separados na infância durante um naufrágio e levados a cidades diferentes, cada patrão com seu servidor. Até o reencontro dos irmãos, já adultos, os personagens vivem uma série de mal-entendidos, em uma trama caprichosa e divertida, à qual se articula um eficiente jogo dramático em torno dos conceitos de aparência e realidade.

Livre
100 min

Autor - William Shakespeare.
Tradução - Bárbara Heliodora.
Elenco - Duda Cardoso, Fernanda Petit, Fernando Kike Barbosa, Janaina Pelizzon, Lauro Ramalho, Marcelo Crawshaw, Rafael Guerra, Rodrigo Mello, Sofia Salvatori.
Direção - Adriane Mottola.
Realização - Cia. Teatro di Stravaganza.
Fotos de Vilmar Carvalho    
 
       

Este espetáculo integra o PORTO VERÃO ALEGRE
 
 

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

ISAÍAS IN TESE (RS)


19_25.jpg
Teatro de Arena - Av. Borges de Medeiros, 835 - Centro 

 15/01, 16/01 e 17/01 - terça a quinta - 21h 
Isaías, o bufão narrador, irônico, acusador e empático defende sua tese sobre migração. Citando vários exemplos (for exemples, como ele diz) de migração como a animal, material e humana, entre outras. Um desses “For Exemples” é a viagem de um imigrante nordestino que sai de sua terra a procura de uma situação mais estável e encontra, no sul, um modo de escapar da sina de viver sempre à mercê do tempo, da seca, do árido destino do sertão. Suas dificuldades, esperanças, incertezas enfim sua adaptação em terras sulistas são contados no espetáculo.
Texto elaborado a partir de entrevistas com imigrantes residentes no RS, filmes, músicas, teses, reportagens, enciclopédias, etc. 

14 anos
55 min

Grupo: Depósito de teatro
Direção: Roberto Oliveira
Preparação de Bufão: Daniela Carmona
Assistência de Direção: Isandria Fermiano
Dramaturgia: Francisco de los Santos e Roberto Oliveira
Texto e elenco: Francisco de los Santos
Trilha sonora: Antonio Macalão de los Santos
Criação Luz e Produção: Carol Zimmer
Preparação corporal: Luciana Hoppe
Cenário: Rudinei Morales
Figurinos: Coca Serpa
Fotos: Federico Kiran
Arte: Carlos de los Santos
Imagens: Daniel de los Santos 

O BORDEL DAS IRMÃS METRALHAS (RS)


Teatro do SESC - Avenida Alberto Bins, 665, centro 

5/01, 16/01 e 17/01 - terça a quinta - 21h 


O espetáculo apresenta cinco personagens à beira de um ataque de nervos, no melhor estilo Almodovar. "Mamãezinha Querida" é a proprietária de um cabaré decadente e falido. Na noite fria e chuvosa em que resolve colocar um fim no estabelecimento e em sua própria vida, é surpreendida com a chegada de quatro inesperadas visitas, que vão dissuadi-la e ajudá-la na reconstrução e modernização do local. No melhor estilo teatro de revista, abusa do colorido dos figurinos, da dublagem, da versatilidade dos atores e da empatia com a platéia. 

10 anos
70 min

Roteiro - João Carlos Castanha e Zé Adão Barbosa.
Elenco - Dandara Rangel, Everton Barreto, Glória Crystal, João Carlos Castanha e Lauro Ramalho.
Figurinos - Naray Pereira.
Cenário - Luiz Sentinger.
Iluminação - Carlos Azevedo.
Produção e divulgação - Lauro Ramalho.
Direção - Zé Adão Barbosa.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

AS FAÇANHAS DE ARISTÃO, O DESAFORTUNADO (RS)

138_201.JPG

           Teatro de Arena - 

18/01, 19/01 e 20/01 - sexta a domingo - 21h

Com o pano de fundo histórico da conquista da Pérsia pelo exército de Alexandre, o Grupo de Teatro Noscego apresenta “As façanhas de Aristão, o desafortunado”: As aventuras e desventuras de um pobre homem, que gastou oito décimos da vida roubando para sobreviver e sendo perseguido, um décimo trabalhando honestamente, e menos de um décimo vivendo como um rei, para morrer como um.

Foto: Jocemar Chagas

Atuação: Sidnei Pereira de Oliveira
Texto e direção: Jocemar de Quadros Chagas
Música: Marcus Ireno Miks de Ávila
Cenário, Figurino, Iluminação e Maquiagem: O grupo
Operadores de som e luz: Piero Lunelli e Tiago Goi da Silva           

O QUE OS HOMENS PENSAM QUE AS MULHERES PENSAM (RS)

85_121.jpg
Sala Carlos Carvalho - Casa de Cultura Mário Quintana - Rua dos Andradas, 736 / 2° Andar - Centro 
18/01, 19/01 e 20/01 - sexta a domingo  - 21h
A comédia apresenta, um conflito entre quatro homens que se encontram em um banheiro público onde, para satisfazer a vontade de um deles, são representados diversos personagens, situações e lugares diferentes colocando em evidencia o gosto feminino. O discurso abordado pelos quatro homens, (Marcus, Pety, Faro e Anjo) é o gosto feminino e as relações binárias. Eles falam e representam situações que reproduzem alguns exageros cometidos tanto pelos homens quanto pelas mulheres. A comédia tenta sintetizar, ainda que em situações quase naturalista e inusitada, o gosto feminino, desde as coisas mais simples até o comportamento sexual do parceiro. “É uma comédia para não deixar de ver”.

Texto e direção:
Pedro Delgado

Elenco:
Douglas Carvalho, Laertes Cardoso, Henri Iunes e Pedro Delgado

Figurino:
Eloa Lacerda

Cenografia:
Pedro Delgado

Execução:
Grupo Teatro Lá em Casa

Criação de Luz:
Paulo Romera e Vilmar da Silva

Operação:
Vilma da Silva

Trilha Sonora:
Eduardo Brito e Émerson Maicá

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

DE 4 É BEM MELHOR (RS)

 
Teatro Novo DC Navegantes - Rua Frederico Mentz, 1561 - Navegantes

17/01, 18/01 e 19/01; 31/01, 01/02 e 02/02 - quinta a sábado -  21h
Lindoval Colosso comanda o grande show da noite: DE 4 É BEM MELHOR. Um grande espetáculo que mistura humor, música, vídeos cômicos e a volta de Frederico Alberto (diretamente da Escolinha do GUGU, TV RECORD), Seu Cucar e Gaudério Fagundes, que fizeram sucesso no espetáculo “Primeiro as Damas”. Se 3 já era bom, de 4 é bem melhor!

14 anos
90 min

Elenco: Lucas Krug
Texto: Lucas Krug
Direção: Daiane Oliveira
Produção: Daiane Oliveira e Douglas Carvalho
Criação e Caracterização dos Personagens: Lucas Krug
Careca e prótese de nariz de Lindoval Colosso: Júlio Freitas
Cenografia: Lucas Krug
Iluminação: Osmar Montiel
Trilha Sonora Original: Lucas Krug
Mixagem: Moai Produtora de Som
Vídeos: Ziriguidum Imagem Digital
Elenco Vídeos: Lucas Krug, Paulo Cintura e Juarez Gubert.
Direção Vídeos: Juliano Ambrosini – Ziriguidum Imagem Digital.
Fotos: Lisa Roos
Arte Logomarca: Lisi Roos
Arte Gráfica: Homeless

CRIS PEREIRA PONTO SHOW (RS)

 
Teatro da AMRIGS - Avenida Ipiranga, 5311 - Porto Alegre - RS 

17/01, 18/01, 19/01 e 20/01 - quinta a domingo -21h
Cris Pereira ponto show é até o momento a maior realização pessoal e profissional do ator e comediante Cris Pereira. No palco, a junção de seis personagens traz à tona todo o talento e a versatilidade desse mestre da interpretação. Claudiovaldo Nogueira; o chefe dos flanelinhas, Gaudêncio, o bagual mais louco do RS; Virgínia Istar Uars, a travesti sem noção; Kirilove, o bebum gente fina; Rodsom dos Anjos, o radialista vaidoso; e o fenômeno da internet Jorge da Borracharia, formam o time de criaturas do espetáculo Cris Pereira ponto show. Um show marcante com muitas surpresas. Conheça o universo interpretativo de Cris Pereira e divirta-se sem moderação.

14 anos
100 min

Texto: Cris Pereira
Elenco: Cris Pereira
Direção: Gérson Ribas

Foto: Edu Defferrari